sábado, 18 de dezembro de 2010

Como as ostras



Uma ostra que não foi ferida não produz pérolas. 

Pérolas são produtos da dor, resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior das ostras, como um parasita ou um grão de areia. 

Na parte interna da concha é encontrada uma substância chamada nácar.

Quando o grão de areia penetra as células do nácar, estas começam a trabalhar e a cobrir o grão com camadas para proteger o corpo indefeso da ostra. 
De todo este processo nasce uma linda pérola, forte e resistente...resultado de momentos indizíveis e salutares.


Adaptação Karla Morgana

Um comentário:

  1. Hola Karla! adorei seu blog viu? e obrigada por participar do meu. Bjsss

    ResponderExcluir