quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Sou...




PRECIOSIDADE!



Uma MULHER apaixonada por Jesus,pela vida,pela minha família,pelos meus amigos...
Uma MULHER segura e com sede de viver tudo o que a vida tem reservado pra mim...
Uma MULHER eternamente aprendiz, em busca de conhecimento, encantada com infinitas possibilidades...
Uma MULHER plena...
Plenamente  MULHER!!


Eu

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Anfitrião






A casa de palha, um lobo soprou.
Ruiu e eu fiquei sem rumos.
Um anjo me disse, vem comigo, e eu fui.
Cuidou dos machucados,
As fraturas expostas foram cicatrizando.
Demorou o tempo da cura.
A casa foi reconstruída.
Não há mais murros na porta.
Protejo-me com verdades.
A porta estará sempre aberta.
O amor é anfitrião.
Aqui acolho com carinho.
Um ninho universal. 


Fernanda (Aleatoriamente)

MIRAGEM


Quando estamos no deserto vislumbramos aquilo que desejamos...
Tamanha sequidão, solidão, sensação...
Até que ao nos aproximarmos, agarramos em vão a ILUSÃO!

Somente os que conseguem persistir na jornada, no Jordão...
Conseguem construir sua realidade na mais simples e doce Paz, equilíbrio, alegria e contentamento...
Por que não dizer COMUNHÃO!

Karla Morgana


Voar...


De tanto puxarem o meu tapete,
De tanto ter a sensação de que o chão sumia sob meus pés,
é que eu aprendi a voar...


Luciano Martini

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

IMCOMPLETUDE...


Teu amor me desfaz...
Teu amor me refaz...
Quebra tudo e faz de novo... e de novo...

Me rendo a Ti...
Trabalha em mim...
Como oleiro que nao desiste do barro ate ver o vaso terminado!


Ana Paula.

sábado, 18 de dezembro de 2010

KAIROS


Ensina-me a passear pelo teu tempo...



Karla Morgana

Como as ostras



Uma ostra que não foi ferida não produz pérolas. 

Pérolas são produtos da dor, resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior das ostras, como um parasita ou um grão de areia. 

Na parte interna da concha é encontrada uma substância chamada nácar.

Quando o grão de areia penetra as células do nácar, estas começam a trabalhar e a cobrir o grão com camadas para proteger o corpo indefeso da ostra. 
De todo este processo nasce uma linda pérola, forte e resistente...resultado de momentos indizíveis e salutares.


Adaptação Karla Morgana

sábado, 11 de dezembro de 2010

Ando devagar...


Não tenho um caminho novo. O que eu tenho de novo é um jeito de caminhar.


Michelly.